Roupas pós-parto: saiba o que usar para uma recuperação eficaz e estilosa

Confira dicas de roupas que tornarão seu resguardo no pós-parto mais confortável.

Roupas pós-parto

Umas das principais e constantes reclamações de mulheres grávidas e puérperas é a dificuldade de encontrar roupas que sejam práticas e confortáveis, mas, ao mesmo tempo, sofisticadas e estilosas.

É fato que nem sempre a arara de roupas de maternidade é atraente. As marcas costumam produzir peças bastante antiquadas para o período de resguardo, quando o ideal seria oferecer lingerie confortável e cheia de estilo para ajudar a manter a autoestima dessas mulheres.

No entanto, felizmente, hoje em dia há mais roupas pós-parto com essas características no mercado, basta pesquisar bem e saber escolher. Neste artigo, selecionamos algumas dicas importantes que ajudarão você a optar pelas melhores peças para esse momento tão delicado e especial. Confira!

Como escolher roupas pós-parto?


Abaixo, saiba como escolher os melhores tipos e modelagens de roupas para o seu puerpério.

Modeladores pós-parto


As cintas ajudam a modelar a cintura após o parto, mas não só isso: elas também contribuem para a postura e para recuperação do posicionamento correto dos tecidos musculares e dos órgãos. Portanto, é primordial que você tenha algumas para revezar durante a semana.

Há diversos modelos disponíveis, desde body, cinta abdominal, colete e até mesmo macaquinho. Aqui, a escolha é pessoal, de acordo com o que você se sentir mais confortável. O principal é acertar no tamanho, pois não pode ser apertada ou larga demais.

Sutiã de amamentação


Durante a gestação, o corpo da mulher sofre diversas transformações e uma delas é o crescimento dos seios. É normal que a futura mamãe sinta incômodos e dores nesse período, que podem ser agravados com o uso de um sutiã convencional.

Entretanto, é na hora de amamentar que o sutiã de amamentação fará toda a diferença, pois ele foi desenvolvido para oferecer uma experiência agradável para as mulheres nesse momento que, para muitas, pode ser bem complicado.

Entre os benefícios do sutiã de amamentação, podemos destacar:

  • Maior conforto em comparação a um sutiã comum;
  • Ajuda na sustentação dos seios, por ter a base maior e as alças mais largas;
  • Mais prático por contar com um fecho de abertura frontal;
  • Mais higiênico, pois o tecido absorve melhor a umidade;
  • Melhor para o recém-nascido, pois o material usado na confecção não irrita a pele do bebê.

Aqui, também há vários modelos e materiais, mas o mais importante é escolher o tamanho adequado tanto do busto quanto das alças e das costas.
 

Camisola


A camisola é a melhor amiga das puérperas, pois além de ser confortável também é bastante prática, por se tratar de uma peça única. Há camisolas de diversos modelos e comprimentos, mas o ideal é optar por aquelas que deixem você mais segura e menos exposta nesse momento, especialmente se for receber visitas com frequência.

Além disso, é importante pensar na amamentação na hora de escolher a camisola, pois não adianta estar com o sutiã de amamentação caso o decote da peça seja muito fechado. Portanto, a dica é optar por camisolas com aberturas frontais, com botões. Assim, seus seios estarão cobertos quando necessário e poderão ser oferecidos ao recém-nascido com facilidade.
 

Prefira tecidos mais confortáveis para o pós-parto


Antes de comprar uma peça, verifique a etiqueta: quanto maior a porcentagem de fibras naturais no tecido, melhor, pois dessa forma a roupa não esquentará muito e, consequentemente, trará mais conforto. Peças confeccionadas em linho, algodão, lã, seda e malha tendem a ser as melhores opções.

Entretanto, no pós-parto, roupas mais delicadas, claras e sem estampas podem manchar devido a vazamentos de leite, por exemplo. Para “camuflar” essa situação quase inevitável, prefira tecidos não tão sofisticados, porém fáceis de lavar, como o poliéster e a viscose.
Postagem Anterior Próxima Postagem