Crianças da geração alpha: Entenda os desafios na educação delas

Se há um tema importante para os pais é a respeito de como educar as crianças da geração alpha.

Crianças da geração alpha

Essas são crianças que já nascem conectadas com a tecnologia, que são mais envolvidas diretamente com questões ambientais, são aquelas que nasceram após o ano de 2010, e que já possuem uma grande inteligência e são mais super conscientes com no máximo 10 anos.

Para entender melhor a geração alpha, torna-se essencial compreender a teoria das gerações, que foi criada em 1991, classificando assim as pessoas, de acordo com a época em que elas nasceram, em diferentes teorias geracionais.

A categorização realizada leva em consideração tecnologias e acontecimentos históricos, que são capazes de influenciar traços de identidade e caráter, além de hábitos das pessoas.

As últimas gerações, desde o ano de 1946 (o primeiro pós-guerra), são as seguintes:

  •  Os baby boomers: são as pessoas nascidas de 1946 a 1964
  •  A Geração X: formada por pessoas nascidas de 1965 a 1981
  •  Geração Y ou millenials: são aqueles nascidos de 1982 a 1994
  •  Geração Z: são pessoas nascidas do ano de 1995 a 2009
  •  A Geração Alpha: formada por pessoas nascidas a partir de 2010

Geração alpha: Características


Para entender melhor a respeito da geração alpha, torna-se essencial saber mais sobre as características delas.

Essas características mudam de acordo com a fase da infância e com as vivências que a criança tem, mas podem ser citados esses pontos:

  • Empatia: um dos pontos mais evolutivos dessa geração é a empatia, tendo ela em doses bem maiores do que as gerações anteriores.
  • Facilidade para tomar decisões: essas pessoas possuem uma conscientização maior a respeito do consumo, dando um maior valor às trocas e ao compartilhamento, além do reaproveitamento. Isso faz com que elas sintam-se mais empoderadas para tomar decisões quando trata-se de consumismo.
  • Antenados aos problemas do mundo: essa geração tem uma outra visão a respeito da vida e uma conscientização bem maior sobre os problemas do mundo. Assim, essas crianças já possuem um conhecimento que as permitem estar dialogando sobre alimentação saudáveis, sobre as questões ambientais, trabalhistas, de inclusão e mesmo políticas.
  • Otimismo: apesar de essas crianças já terem uma dose maior de realismo em suas vidas, elas também possuem um maior otimismo quanto ao futuro, acreditando que irão viver em um mundo distinto. Nesse mundo, os robôs passariam a substituir os humanos nas atividades mais entediantes e cansativas, como aquelas tarefas domésticas.

Os desafios para educar as crianças da geração alpha


A maior parte dos pais das crianças da geração alpha pertencem às gerações anteriores Y e X, o que faz com que elas vejam o mundo com outros olhos, o que é um enorme desafio.

Para que seja possível lidar com isso, é preciso aumentar a empatia e ficar mais aberto aquilo que essas crianças da nova geração têm a dizer.

Isso, claro, levando-se em consideração que os pais querem ter um relacionamento de maior qualidade com seus filhos, então é essencial compreender os anseios deles.

Isso porque essas crianças são mais imediatistas e têm um acesso às informações muito mais fácil, além de serem mais efêmeras em suas opiniões.

Assim, é muito importante que os pais acompanhem os passos das crianças e tenham muita atenção ao que elas estão consumindo hoje no mundo digital.

Elas podem estar bem tranquilas hoje, mas nunca se sabe o que irá atrair essas crianças no amanhã, então a segurança na internet deve sempre ser prezada.

A questão é que isso poderá ser feito de maneira bastante sutil, sem que haja pressão dos pais, pois as crianças da geração alpha tendem a ser mais abertas com eles.

Existem algumas dicas para ajudar a estreitar ainda mais os laços e a entrar no mundo dos pequenos, como é o caso do uso dos brinquedos atrativos.

As crianças gostam muito de brinquedos interativos, além dos que ajudam a despertar as sensações e dos que instigam nelas a necessidade de estar compartilhando.

Algumas das melhores ideias para diversão com crianças da geração alpha são:

  • Jogos de tabuleiro e lousa infantil: esses jogos são ótimas maneiras de estar se treinando as diversas habilidades cognitivas, ao mesmo tempo em que as crianças divertem-se e ainda têm o estímulo das interações sociais
  • Games: os jogos voltados para o videogame são uma ótima pedida e há muitos deles que permitem que os jogadores atuem em duplas
  • Patinetes/skatenets: são brinquedos muito divertidos, além de incentivar a prática de atividades físicas e ajudarem a tirar a criança da rotina das telas durante todo o dia
Postagem Anterior Próxima Postagem