segunda-feira, 16 de novembro de 2020

Passo a passo para cuidar da saúde bucal dos bebês

A saúde bucal dos bebês é um dos fatores que mais preocupam os pais nos primeiros anos de vida da criança. Afinal, manter uma higienização correta para cada estágio de desenvolvimento é um processo que envolve muitos cuidados. 

Saúde bucal dos bebês

Desde a alimentação até a escovação correta, diversos aspectos influenciam para que problemas na dentição e complicações na cavidade bucal não sejam ocasionados.

Mas, qual a hora certa de começar a levar um bebê ao dentista? Quais os cuidados que os pais devem ter desde cedo?

Existem uma série de orientações em relação aos primeiros cuidados em relação à saúde bucal dos bebês. Continue lendo este conteúdo para saber mais! 

Primeira visita ao dentista


O aconselhado por profissionais da Odontologia é que a primeira visita ao dentista infantil seja feita a partir da aparição dos primeiros dentinhos. Normalmente, esse processo ocorre entre os 4 e 9 meses de idade, podendo variar para cada criança.

Dessa forma, os pais podem tirar todas as dúvidas relacionadas a higienização bucal dos bebês.

Em todas as idades, o indicado é realizar visitas periódicas ao dentista, assim, é possível evitar problemas bucais e, caso já existam, tratá-los o quanto antes.

Contratar um convenio odontologico pode facilitar a manter essa frequência para que a saúde bucal do bebê esteja sempre preservada e em ordem.

Além do mais, certas aparições de problemas bucais podem ser silenciosas, agravando-se com o tempo. Visto isso, o ideal é manter a regularidade das consultas ao dentista, o que pode ser garantido pelo plano.

Hoje, existe uma diversidade de coberturas de convenios odontologicos com os mais variados preços, capazes de atender às suas necessidades e a da sua família da melhor maneira possível.

Para isso, no entanto, é preciso pesquisar por aquelas que melhor atendam suas necessidades, orçamento e expectativa.

Dicas de higienização


Mesmo antes da aparição dos dentes é essencial realizar limpezas após as refeições. O aconselhado pelos profissionais da Odontologia é utilizar uma gaze levemente umedecida para limpar toda a região das gengivas, a parte interna da boca e a língua.

Essa limpeza é fundamental porque o leite possui açúcares que podem causar malefícios para a saúde bucal dos bebês.

Após a aparição dos dentinhos, a escovação já se torna necessária, bem como a realização de uma consulta com o plano odontologico ou em clínicas.

Manter a higienização correta é possível ao seguir os seguintes passos:

  1. Utilize uma escova de dentes própria para bebês;
  2. Na escova, coloque uma quantidade pequena de creme dental;
  3. Utilize o creme dental com flúor;
  4. A escovação deve ser feita com movimentos leves;
  5. Fique atento ao passar a escova em todos os lados dos dentes do bebê;
  6. Não esqueça de utilizar o fio dental;
  7. Escove bem a região da língua;
  8. Estimule a higienização bucal escovando os dentes em frente ao bebê.

Cabe ressaltar alguns detalhes referentes aos tópicos da lista, como a escova de dentes utilizada que precisa ter a cabeça pequena e cerdas macias para garantir a eficácia e o conforto durante a escovação.

Já sobre o uso do flúor, o produto deve conter a quantidade adequada para a idade do bebê, para que a saúde do dente e da criança sejam garantidos.

Por fim, o fio dental auxilia na retirada de resíduos alimentares que a escova não alcançou. Assim, é importante começar a aplicação do fio desde cedo, dessa forma, a criança irá se acostumar com o processo de limpeza, tornando-o mais fácil.

Busque produtos adequados


Como citamos brevemente, existem alguns produtos adequados para realizar a higienização bucal em bebês e crianças da maneira correta, como a escova e a pasta.

No entanto, não deixe de pedir a recomendação ao dentista do seu convenio dental para saber quais são os itens de higiene pessoal mais indicados para os pequenos!

Dessa forma, você garante a eficiência em todo o processo de escovação.
Cuidados com a alimentação

Bebês e crianças são mais suscetíveis a infecções causadas por cáries, placas bacterianas e inflamações na gengiva. Dessa forma, existem alguns cuidados extras com a alimentação que podem auxiliar na saúde bucal.

Desde cedo, é necessário introduzir uma alimentação saudável e balanceada. Alimentos como frutas em geral, vegetais, pães integrais, nozes e legumes influenciam de forma positiva na saúde bucal dos bebês.

Isso acontece pois estes alimentos exigem um maior tempo de mastigação, promovendo a melhora da lubrificação da mucosa bucal e o equilíbrio do PH da boca.

Além disso, é importante evitar alimentos industrializados. Esses contém quantidades excessivas de açúcar e corantes e podem influenciar no surgimento de cáries infantis. 

Considerações finais


Cuidar da saúde bucal desde cedo é primordial para o bem-estar e qualidade de vida de qualquer pessoa. Por mais que não pareça uma tarefa fácil, é essencial o acompanhamento dos pais em todo o processo.

Mostrar a importância da higienização constante faz com que as crianças aprendam sobre o processo e o realizem de forma correta.

Assim, é possível auxiliar na prevenção de problemas desde cedo, além de incentivar os pequenos a manterem os cuidados diários com a saúde bucal.

Conteúdo produzido por Victoria Mechenas, assessora e redatora na empresa Ideal Odonto
Cupom de desconto workana de R$ 100,00

Sobre o Babyou Blog

babyouBlog destinado a divulgar, com linguagem simples, notícias e artigos relacionadas a crianças e mamães e gestantes, eventualmente publicaremos outros tipos de assuntos também.
Leia mais →



Assinar Newsletter

Insira o seu e-mail abaixo para receber conteúdo VIP atualizado, diretamente no seu e-mail.