Cupom de desconto workana de R$ 100,00

Cupom de desconto workana de R$ 100,00

Tudo o que você precisa saber para aprimorar a atenção em cada fase 


Você já reparou como as crianças mudam de atividade o tempo todo?! Isso acontece porque a falta de atenção é muito comum nos pequenos e dificilmente eles conseguem se concentrar em algo por muito tempo. Porém, a boa notícia é que a atenção pode ser estimulada e desenvolvida em todas as idades.

A verdade é que o foco é uma habilidade muito importante para o desenvolvimento infantil e também para a vida das crianças. Por isso é muito importante se dedicar para desenvolver o foco nos filhos.

melhorar o foco nos filhos

Foi pensando nisso que este artigo foi criado, para te ajudar a desenvolver nos seus filhos essa habilidade fundamental para aprendizagem. Se você percebeu que seu filho tem dificuldade em manter a concentração, então não deixe de ler até o final, pois nesse artigo vamos falar sobre as 10 maneiras comprovadamente eficazes de desenvolver o foco nos nossos filhos, considerando todas as etapas do desenvolvimento infantil.

Antes de tudo, você precisa saber que as crianças passam por algumas fases ao longo do seu desenvolvimento e cada uma dessas etapas necessita de um estímulo diferente de forma a desenvolver melhor o foco e a concentração.

Existem muitas formas de entender essas fases, mas vamos considerar as divisões de um educador muito famoso, o Jean Piaget.

Para quem não conhece o Jean Piaget foi um educador, filósofo, biólogo e psicólogo que se dedicou em compreender como as crianças aprendem. Por isso ele tem muito a contribuir com a educação voltada para melhorar o foco dos pequenos. Veja as 10 maneiras pensadas em acordo com a proposta deste pesquisador:

PARA A PRIMEIRA FASE  (0 A 2 ANOS)


1. LER HISTÓRIAS PARA SEUS FILHOS:




Na primeira fase (0 a 2 anos) a criança está em uma etapa muito rica para o desenvolvimento da linguagem e da concentração. Os bebês são grandes observadores de tudo, tentam imitar o mundo ao seu redor e assim se comunicam e aprendem principalmente por desenhos, histórias e brincadeiras educativas.

Ler para os bebês é uma excelente estratégia para já começar a desenvolver o foco dos pequenos, pois com uma leitura criativa e interativa eles trabalham a atenção aliada às cores e às formas. Tudo isso chama muito a atenção deles nessa etapa!

É muito importante que você leia com alegria, usando o tom de voz adequado, mostrando sons e imagens. Busque ideias criativas de como contar uma história de maneira bem atrativa e interativa.

2. ATIVIDADES E ESTÍMULOS SENSORIAIS:




A primeira fase é também um momento muito importante para que os pequenos conheçam a maior variedade possível de estímulos sensoriais! Mas, o que são atividades e estímulos sensoriais? São todas ações que envolvem cheiros, texturas, cores, sons e sabores, de forma a desenvolver os cinco sentidos.

Estimular os cinco sentidos do seu filho nos primeiros anos de vida dele, certamente vai fazer com que ele cresça mais atento e com maior capacidade de foco em vista das conexões cerebrais que essas atividades proporcionam.

O importante aqui é apresentar o maior número possível de:

  • sabores: amargo, doce, salgado, azedo, agridoce, etc;
  • cores: quentes, frias, mistas, etc;
  • texturas: ásperas, lisas, rugosas, moles, duras, etc;
  • sons: graves, agudos, altos, baixos, etc;
  • cheiros: os mais diversos existentes.

Existem muitos brinquedos para bebês e brincadeiras educativas específicos para essas funções sensoriais, como os quiet books ou livros sensoriais que são livrinho específicos para os bebês, feitos geralmente com algumas partes de pano ou feltro, que auxiliam a estimular os sentidos.

PARA A SEGUNDA FASE  (2 A 7 ANOS)


3. JOGOS DE MEMÓRIA


Na segunda fase (2 a 7 anos) a criança entra em um período de muita curiosidade. No início desse período a criança já sabe se comunicar com maior efetividade, já interage com mais eficiência e, portanto começa a aprimorar a linguagem e seu conhecimento de mundo. Assim, os clássicos jogos de memória  se tornam grandes aliados aqui.

4. APRENDER UM NOVO IDIOMA


Esta fase também é a hora ideal para começar a aprender um novo idioma, como o inglês, por exemplo. Você sabia que aprender um novo idioma é uma das formas mais efetivas de estimular a capacidade de concentração?! Sim, além de ser um conhecimento muito importante para o resto da vida, aprender inglês também pode ser um ótimo recurso de desenvolvimento na infância.



5. JOGOS DE LABIRINTOS


Os jogos de labirinto são desafios que podem ser simples ou complexos, além de possuírem regras específicas e limites claros que possibilitam a criança desenvolver muito bem a concentração e o foco.
Esses jogos são uma ótima opção, uma vez que desenvolvem diversas habilidades ao mesmo tempo. Além de aumentar a capacidade de se concentrar, eles melhoram também o raciocínio lógico, a coordenação motora e a capacidade de lidar com as emoções, visto que as crianças precisam lidar com elas no enfrentamento dos desafios.

6. BRINQUEDOS DE MADEIRA




Os Brinquedos de Madeira trazem diferentes formas de brincar com associações visuais e motoras, além de serem brinquedos resistentes que passam por gerações marcando famílias.

Esses brinquedos construídos com materiais de madeira estimulam muito a concentração e o foco devido à grande versatilidade que possuem. Você sabia que com as mesmas peças de madeira, os pequenos podem inventar e construir muitas brincadeiras diferentes?! Isso chama muito a atenção das crianças, além de estimular a criatividade, o raciocínio e autonomia no brincar.

Essa liberdade e autonomia na manipulação das peças contribui muito para a construção da personalidade da criança, de forma que ela se torne um adulto mais seguro de si mesmo, com maior capacidade de iniciativa.

Os brinquedos de madeira são uma ótima estratégia para desenvolver o foco nas crianças por que também estimulam muitas outras habilidades relacionadas à coordenação motora e o raciocínio. Além disso, a Sociedade Brasileira de Pediatria aponta que eles são um dos brinquedos mais seguros que existem. Isso porque não possuem nenhum tipo de componente tóxico e não oferecem riscos para pessoas alérgicas.

Como se não bastasse tantas características positivas na utilização dos brinquedos de madeira para o desenvolvimento da atenção nos filhos, eles também são uma opção sustentável e ecologicamente correta. Portanto, brinquedos feitos com materiais de madeira podem ser uma excelente oportunidade de passar noções ambientais para os pequenos.

PARA A TERCEIRA FASE (8 A 12 ANOS)


7. INICIAÇÃO A LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO


Pode parecer bem estranho que seja interessante que nossos filhos aprendam a linguagem de programação não é mesmo?! Na maioria das vezes, nós adultos não fazemos ideia do que é isso significa. Mas, a verdade é que cada vez mais conhecimentos tecnológicos são importantes e chamam muita a atenção das crianças nesta fase.

É muito comum encontrarmos crianças com idade entre 8 e 12 anos dominando ferramentas tecnológicas de celular, computadores, etc, muitas vezes até mesmo ensinando novas ferramentas para os adultos.

Um dos motivos pelo qual isso acontece é que na terceira fase, também conhecida como operacional concreto, a criança começa a usar e desenvolver com maior propriedade a lógica para relacionar as coisas concretas. Assim, assuntos tecnológicos se tornam mais interessantes nesse período.
A linguagem de programação é algo que você não arrependerá de proporcionar ao seu filho. Além, de enriquecer sua capacidade de raciocínio e atenção, também pode contribuir muito para o seu futuro.

Já existem muitos programas específicos para ensinar programação às crianças, como schatch, Blocky e Alice. Você pai ou mãe pode até mesmo aprender junto com a criança.

8. JOGOS DE TABULEIRO




Outra característica desse estágio é o entendimento mais apurado de regras sociais, portanto este é o estágio para incentivo das brincadeiras educativas em grupo, pois nesse momento a criança aprende com mais facilidade sobre valores sociais como reciprocidade e justiça, por exemplo.

As brincadeiras educativas de tabuleiro em grupo, além de serem muito divertidas, estimulam muito a concentração. O fato de prestar mais ou menos atenção influenciará sobre ganhar ou perder as brincadeiras, e nesse período de grande competitividade e sociabilidade essa característica conquista o interesse das crianças.

Os jogos de tabuleiro são ideais para esse ciclo, pois além da necessidade da atenção, necessita de respeito às regras para se funcionar. Conheça alguns jogos de tabuleiros muito divertidos nessa página.

PARA A QUARTA FASE (A PARTIR DOS 12 ANOS)


9. PARTICIPAR DE TEATRO


Nesse momento se chega naquela idade do pré-adolescente. A quarta fase, a partir dos 12 anos, também chamada de Operacional Formal constitui um período no qual os pré-adolescentes já fazem planos para o futuro, já lidam com questões mais complexas e abstratas, todavia sem deixar de ter lucidez e necessidade de brincar.

Uma ideia muito indicada nessa etapa é a de matricular seu filho em aulas de teatro, para não só aprender a falar em público a ter auto confiança, como também a lidar com as próprias emoções e questões da vida. Assim, durante a interpretação ele vive as emoções dos personagens das peças e começa a aprender mais sobre si mesmo e sobre a vida.

10. PRÁTICA DE ESPORTES





Claro que não ficaria fora dessa lista a prática de esportes, recomendada em todas as idades, ela trabalha a disciplina necessária para o desenvolver do foco, além de fazer a manutenção da saúde física.

Porém, nessa idade ela tem um função especial, pois ajuda na auto estima e na autoconfiança que são elementos muito importantes para superar os desafios da adolescência.

Muito bem! Se você chegou até aqui então você é um pai preocupado com o desenvolvimento e com a educação dos filhos! Parabéns! Não deixe de colocar em práticas nossas sugestões e continue aprendendo mais sobre outras atividades são indicadas para aprimorar a concentração na infância.

Se este conteúdo te ajudou, então não deixe de compartilhar com outras pessoas e nos ajude e levar conteúdo de valor para cada vez mais papais e mamães.
Postagem Anterior Próxima Postagem