Cupom de desconto workana de R$ 100,00

Cupom de desconto workana de R$ 100,00


Decorar o quarto de um bebê pode ser muito divertido, mas também pode ser uma fonte de estresse se você não tiver ideias claras do que deseja fazer, pois há diversas opções no mercado, desde as cores, papéis de parede, móveis, abajur, etc.

Há vários detalhes a se considerar antes de começar a decoração, como exemplo, a idade do bebê ou criança, se o quarto deve ser compartilhado com outros irmãos e as atividades que você deseja que sejam realizadas nessa área.

Depois de esclarecer as perguntas acima, você deve escolher qual espaço do será ocupado pelo bebê.

Recomenda-se que você faça uma lista com os móveis e os elementos essenciais, entre eles você pode incluir: berço, trocador, guardar roupas, espaço de armazenamento ou uma cadeira confortável para passar o tempo perto do bebê, elementos decorativos como fotografias de personagem ou do seu ensaio gestante, etc.

Claro, tudo isso vai depender das suas preferências, do espaço que você tem e do seu orçamento.


Dicas para decorar o Quarto do Bebê



1. Quando começar?


Você não deve esperar muito para começar a decorar o quarto do bebê. À medida que a gravidez avança, será mais difícil e desconfortável trabalhar nisso. Portanto, é recomendável que você inicie esta tarefa por volta do quarto ou quinto mês de gestação.

Você pode querer saber o sexo do bebê antes de escolher as cores da sala. No entanto, uma sala unissex com cores harmônicas e suaves, é sempre uma boa opção, como exemplo, bege, amarelo claro, etc.

Para começar, você pode usar outros quartos de bebê como referência ao pesquisar na internet, lembrando que não é necessário copiá-los, eles podem servir apenas de inspiração.


2. Os móveis que seu bebê precisa


Você pode escolher móveis conversíveis para acompanhar o crescimento da criança.

Normalmente, os móveis básicos encontrados no quarto do bebê são o berço ou a cama, um trocador e um guarda-roupa.

Ter espaço de armazenamento é muito importante e é preferível se houver vários compartimentos no cômodo. Uma cômoda com gavetas e algumas prateleiras, ou, um armário embutido será suficiente.

O trocador pode ficar em uma cômoda, dessa forma você aumentará o espaço no quarto. As medidas ideais para esta peça de mobiliário têm 90 centímetros de altura e 55 centímetros de profundidade.

À medida que o bebê cresce, caixas ou baús podem ser adicionados ao cômodo, onde brinquedos ou outros objetos podem ser armazenados.

Aconselho você a não encher o quarto com móveis. Coloque apenas o essencial e adicione itens conforme necessário.

Uma cadeira confortável também é essencial para que a mãe possa alimentar o bebê, ou simplesmente para passar um tempo perto dele.

Ao comprar o berço, você tem várias opções. Você pode escolher um berço tradicional ou comprar uma cama conversível, ou seja, com barreiras e que mude sua estrutura, para que o bebê possa usá-lo por mais tempo.

Lembre-se de que o berço deve ter uma distância correta entre as barras, que varia entre 4,5 e 6,5 centímetros. Além disso, ele deve ser feito de materiais não tóxicos; se tiverem rodas, eles deverão ter travas para evitar que saia do lugar, ter um colchão adequado e uma largura mínima de 60 centímetros e pelo menos 20 centímetros mais longos que o bebê.


3. Escolha a cor do quarto


Recomenda-se cores suaves para o quarto de bebês, pois as mesmas proporcionam tranquilidade e ajudam o bebê a dormir melhor. Alguns, como bege ou cinza claro, estão entre os mais utilizados e são adequados para meninos e meninas.

As paredes também podem ser decoradas com papel de parede e fotos, o que dará um toque único e original ao quarto.

Não é necessário usar muitas cores, basta escolher uma cor e usar elementos decorativos para torná-la mais alegre.


4. Não se esqueça da iluminação


A iluminação nos quartos é muito importante. No quarto do bebê, você pode colocar uma luminária de teto e uma luminária de chão ou sobre uma mesa, para ter uma luz mais fraca e indireta.

Também é necessário colocar cortinas para evitar que muita luz entre na janela, pois isso pode perturbar o bebê durante o dia em que ele está dormindo.


5. Coloque tapetes, edredons, almofadas …


Os tapetes, edredons, almofadas ou cortinas são os elementos encarregados de dar um toque de cor ao quarto, mas é preciso incluí-los na decoração de acordo com a idade do pequeno, caso o bebê seja recém-nascido, ou, ainda não tenha atingido a idade de 9 meses, os travesseiros não são necessários, para evitar o risco de sufocamento.

Dos 9 meses a 1 ano, você pode colocar travesseiros fininhos. Lembrando que nesses períodos, os cobertores também devem ser de acordo com o tamanho do bebê, e não podem ser muito pesados.

Texturas diferentes podem ser usadas nos tecidos e materiais que você escolher para os tapetes ou almofadas. Dessa forma, a criança também descobrirá novos elementos que despertaram seu interesse pelo ambiente.

É recomendável escolher tapetes laváveis, pois quando o bebê começar a engatinhar, período em que ele entrará em contato com o chão.


6. Crie um espaço seguro para seu bebê


Ao preparar o quarto do bebê, lembre-se de que deve ser um espaço seguro onde o bebê, à medida que cresce, pode explorar seu ambiente com segurança.

Para isso, use tintas não tóxicas, proteja as tomadas, tente manter os cantos dos móveis nivelados, mantenha o espaço sempre limpo e use barreiras quando necessário.

Confira mais algumas dicas de decoração no texto Como Decorar um Quarto de Bebê o texto mostra como deixar o quarto do seu filho impecável.

E você? Já decorou o quarto do seu filho? Se sim, compartilha as fotos aqui com a gente. 
Postagem Anterior Próxima Postagem